Cidadania europeia: Veja como tirar a dupla cidadania e o passaporte europeu

A cidadania europeiaé o sonho de muitos brasileiros que querem morar no exterior sem nenhuma complicação. A melhor forma de conseguir isso é pela dupla cidadania, que permite que obtenha o passaporte europeu.

O passaporte europeu é apenas um documento de viagem, que permite o seu reconhecimento como membro de algum dos países europeus. Através dele, e da dupla nacionalidade, você garante os direitos e deveres de um cidadão europeu.

Porém, como conseguir a dupla cidadania? Como tirar o passaporte europeu? Prossiga com a leitura e responda as suas duas perguntas!

Por que ir atrás da dupla cidadania e do passaporte europeu?

“Com a dupla nacionalidade, você ganha os direitos de um cidadão do exterior, mas também os deveres.”

Por que é tão importante saber como conseguir a dupla cidadania e como tirar o passaporte europeu? Vamos por partes. A dupla cidadania se trata do reconhecimento da nacionalidade em um determinado país, garantindo os seus direitos e deveres.

O brasileiro tem a permissão para obter a dupla cidadania, mas é necessário saber se o país de destino também aceita e como. Esse reconhecimento é importante, pois é através dele que você consegue tirar o passaporte europeu.

Quais são as vantagens do passaporte europeu?

Com a dupla cidadania, você pode aproveitar as vantagens do passaporte europeu. Os principais benefícios são:

  • A possibilidade de transitar e morar em qualquer país da União Europeia, de acordo com a Convenção de Shengen;
  • Acesso às melhores universidades europeias;
  • Maior facilidade para trabalhar;
  • Sem a necessidade de visto para entrar em alguns países;
  • Alfândegas menos burocráticas.

E todas as vantagens do passaporte europeu são passadas para os seus descendentes, que tem mais facilidade em conseguir a dupla cidadania.

Cidadania europeia: como conseguir a dupla cidadania?

O primeiro passo para conseguir a dupla cidadania é entrar em contato com a embaixada do país de origem dos seus descendentes. Na embaixada, você pode realizar a solicitação da dupla nacionalidade.

Para a solicitação, é comum que sejam pedidos os seguintes documentos:

  • Registro do seu parente quando chegou ao Brasil;
  • Certidão de nascimento ou batismo do familiar;
  • Certidão de casamento do familiar;
  • Certidão de óbito (caso ele já esteja falecido);
  • Documento de identificação com foto;
  • Certidão negativa de naturalização do familiar;
  • Entre outros documentos (isso varia conforme a nação de destino).

Com a posse dos documentos, eles são enviados para a União Europeia, onde será feito o reconhecimento dos dados. Há também uma taxa para reconhecimento em cada consulado, mas o valor varia conforme o país.

Porém, a cidadania europeia por descendência não é a única forma de obter o reconhecimento como cidadão europeu.

Cidadania europeia por descendência

A cidadania europeia por descendência é concedida para os filhos, netos ou bisnetos de imigrantes que são considerados cidadãos legítimos do país de origem. Para obtê-la, é necessário comprovar o vínculo sanguíneo com a pessoa de origem europeia.

Cidadania europeia por casamento

Outra forma comum de obter a dupla cidadania é através do casamento com um cidadão europeu nativo. Para conseguir dessa maneira, você precisa possuir alguns anos de matrimônio e apresentar uma certidão de casamento atualizada.

Cidadania europeia por tempo de residência

Outra maneira de obter a cidadania é tendo algum tempo de residência legal na Europa, geralmente através de um visto de trabalho ou estudo. Normalmente, o prazo mínimo é de 5-6 anos de residência, mas varia de país para país.

Cidadania europeia por investimentos

Por fim, é possível morar no exterior se investir uma grande quantia de dinheiro. Por exemplo, na Grécia e no Chipre, é possível investir de 250 a 350 mil euros para obter a cidadania.

Cidadania europeia: como tirar o passaporte europeu?

Com todos os documentos reunidos, você deve se dirigir para o consulado do país com o qual quer exercer vínculo. Lá, você preenche o formulário de requerimento do passaporte e paga uma taxa para a produção do documento.

O valor para a emissão do passaporte europeu varia de país para país. No consulado italiano, você paga normalmente 116 euros. Já no espanhol, o preço é 193 reais.

Com a comprovação dos documentos enviados, você deve esperar um tempo para receber o seu passaporte.

Conclusão

Hoje em dia, com a internet, não é tão difícil conseguir a sua dupla cidadania e o passaporte europeu. A maioria dos documentos necessários são fáceis de achar e também de enviar para o consulado responsável.

Com isso, se mostra bastante simples obter a cidadania europeia e aproveitar dos benefícios de ser reconhecido como um europeu!

Comentários estão fechados.