7 Dicas para estudar a bíblia

Você precisa de dicas para estudar a bíblia? A verdade é que uma das disciplinas espirituais mais difíceis das pessoas se manterem constantes é a da leitura bíblica.

A bíblia carrega uma linguagem um pouco antiga e, por isso, muitas vezes é complicada de se entender, ainda mais quando os leitores não têm o hábito de leitura como parte da sua rotina, o que aumenta – e muito – o risco deles desanimarem em algum momento.

Além disso, existe um conflito espiritual entre carne e espírito, o qual faz toda a diferença para fazê-lo mergulhar nas escrituras ou simplesmente ignorá-la.

Porque como podemos ver em João 8:36, na bíblia de estudo online, a palavra de Deus pode transformar verdadeiramente a vida de alguém.

Entretanto, pelos seus próprios desejos o inimigo pode te influenciar para que você tenha pouco ou nenhum contato com ela.

Portanto, se você está com essa dificuldade, nos acompanhe e conheça algumas dicas essenciais para a construção ou manutenção dessa disciplina espiritual.

Vamos lá!

1- Desenvolva um planejamento de leitura

O primeiro passo de quem quer se aprofundar no conhecimento bíblico é desenvolver um bom planejamento, porque sem um método, algo bem elaborado, você desistirá mais fácil.

Por isso, construa um planejamento que leve em conta sua dificuldade para a leitura, qual horário você pensa conseguir ler da melhor forma, quanto tempo você lê sem cansar e outras coisas.

Esse ponto exige muita sinceridade da sua parte, porque ser radical e ler 2 horas de bíblia diariamente se você nunca leu ela de forma frequente, não vai funcionar.

Lembre-se, todo grande leitor não sabia ler ou lia pouco no início da sua jornada.

2- Faça anotações

O segundo passo para ter mais consistência na leitura bíblica envolve as anotações, que é um dos principais modos de internalizar a mensagem do que está sendo lido em você.

Então, separe um caderno e escreva à mão o entendimento ou o próprio texto que mais te chamou atenção na sua leitura diária.

Se fizer isso, a palavra de Deus será escrita nas tábuas do seu coração e em alguma situação que você necessite do alimento obtido naquele trecho em específico, o Senhor lembrará você.

3- Tenha metas

Estabeleça metas e tenha mais clareza sobre o processo e aprendizado.

O nosso cérebro trabalha com um sistema de recompensas na construção de hábitos e quanto mais clareza você tem sobre o que faz e sobre o que ganha com isso, mais seu cérebro entende o recado e desenvolve o hábito em você.

Defina quantos capítulos você vai ler, em qual livro você estará em cada mês e conforme cumprir esse objetivo, observe quais foram as maiores lições aprendidas até então.

Com isso, é bem provável que você não deixe mais essa leitura de lado e queira conhecê-la ainda mais o livro sagrado.

4- Analise o contexto das passagens

Outra dica importante é pesquisar o contexto de cada passagem. Saber quem é o interlocutor, o receptor e o tempo em que tal passagem foi escrita, tornará a tarefa de compreender o que está sendo dito bem mais fácil.

Por outro lado, quando o contexto não é considerado, você pode cometer alguns equívocos e ter uma interpretação errada de algum texto.

Então, embora seu tempo de leitura talvez aumente por conta disso, vale a pena se esforçar e analisar o contexto das passagens.

5- Invista em materiais de apoio

A quarta dica está bem conectada com essa quinta, visto que, investir em materiais de apoio para conseguir mais informações, pode ampliar sua visão sobre determinado trecho bíblico.

Esses materiais podem ser livros, dicionários bíblicos, linhas teológicas bíblicas ou qualquer outro tipo de estudo validado que possa colaborar para esse intuito de compreender melhor as sagradas escrituras.

6- Leia versões mais modernas

A versão tradicional da bíblia, Almeida Revisada Corrigida (ARC), é muitas vezes pouco convidativa para novos leitores.

Mas, há outras versões tão boas quanto, capazes de passar a mesma mensagem em uma linguagem mais próxima da atualidade.

Algumas delas são:

● Nova Almeida Atualizada (NAA)

● Nova Versão Internacional (NVI)

● Nova Versão Transformadora (NVT)

Existem também bíblias de estudo com comentários de pessoas relevantes na história do Cristianismo e da Igreja, que podem ser de grande valia para quem ainda é iniciante ou quer ter um conhecimento mais robusto sobre a Palavra.

7- Não esqueça o lado espiritual

Por último, mas não menos importante, é preciso considerar o lado espiritual que envolve a leitura bíblica.

O nosso inimigo não quer que leiamos de forma alguma aquilo que foi escrito para o nosso ensino, porque ele sabe que por meio da bíblia conhecemos mais de Deus, mais sobre nós e mais sobre o propósito do Eterno.

Peça ajuda de Deus para conseguir ler e compreender toda a bíblia, ore com sinceridade, com fé, e veja o Espírito Santo trazer entendimentos claros sobre a revelação do Senhor deixada para nós.

Bônus: a melhor das dicas para estudar a bíblia!

Por fim, há uma dica muito especial para que você finalmente consiga levar a sério o estudo bíblico e que não podemos deixar de falar.

A melhor dica para estudar a bíblia é passar a enxergá-la sob a ótica do propósito celestial de Deus.

A bíblia tem o objetivo de aproximar novamente o Homem do seu Criador por meio da fé em Cristo Jesus e conta com inúmeras instruções sobre como devemos andar de forma digna.

Além disso, o mundo aguarda a manifestação dos filhos maduros e bíblicos de Deus, mas não há como você influenciar alguém para uma vida de adoração ao Senhor, sem antes construir isso em si mesmo.

Então, considere o propósito do Eterno e todas as outras 7 dicas que trouxemos acima, para estudar os textos sagrados e encontrar tudo o que você precisa na Palavra de Deus.

Comentários estão fechados.