O que é osteofitose no joelho? Descubra!

O nome pode parecer estranho, mas quando se fala sobre o que é osteofitose no joelho, nada mais é do que o conhecido bico de papagaio.

De uma forma simplificada: a osteofitose se caracteriza pela formação de saliências ósseas, chamadas de osteófitos, que se desenvolvem no encontro dos ossos ou nas margens das articulações.

Da mesma forma que o bico de papagaio na coluna, mostra a presença de algum desgaste ou artrose no joelho, sendo importante procurar uma clínica ortopédica para o correto diagnóstico e tratamento.

Se você foi diagnosticado com bico de papagaio no joelho, entenda melhor o que é, causas, sintomas e tratamentos.

O que é osteofitose no joelho?

Primeiramente, ae a sua dúvida é sobre o que é osteofitose no joelho, significa a presença de um ou mais osteófitos (bicos de papagaio) que se formam nas extremidades ósseas, particularmente em caso de artrose.

São essas saliências ósseas que são responsáveis por possíveis dores e dificuldade em realizar determinadas atividades.

Por isso, aa verdade, a osteofitose corresponde a um mecanismo de reação do osso para aliviar uma pressão intensa sobre a articulação.

Sendo assim, em função do seu tamanho e localização, o bico de papagaio pode causar uma incapacidade funcional, além de uma rigidez articular.

Quais as causas da osteofitose?

Entendendo melhor o que é osteofitose no joelho, quais as causas?

A causa principal é a artrose, cujo desenvolvimento é frequentemente associado ao desgaste das articulações, e o risco aumenta muito com a idade.

No entanto, vale mencionar outras causas:

Micro traumatismos associados à choques, por exemplo, em esportes;

Uma inflamação do tecido ósseo;

Sobrepeso;

Sedentarismo também contribui para modificações dos ossos;

Além disso, existem alguns fatores congênitos, porém, a causa ainda permanece indeterminada.

Osteofitose no joelho: quais os sintomas?

Antes de mais nada, é um pouco difícil diferenciar os sintomas sobre o que é osteofitose no joelho e aqueles ligados à artrose no joelho.

Saiba que a osteofitose pode causar nenhum sintoma e pode passar despercebido durante anos, nota-se em um exame de rotina.

Podemos mencionar os seguintes sintomas:

Dificuldade na extensão e flexão do joelho;

Dores;

Desconforto ao caminhar, subir e descer escadas;

Limitação de movimentos durante atividades físicas;

Rigidez da articulação;

Portanto, se você apresentar alguns desses sintomas e como já sabe o que é osteofitose no joelho, provavelmente pode estar suspeitando de bico de papagaio no joelho.

Para confirmar o diagnóstico, vale a pena consultar um ortopedista especialista em joelho.

Quais os fatores de risco da osteofitose no joelho?

A artrose, logo, a osteofitose no joelho, são mais frequentes em pacientes com idade mais avançada.

Assim, é mais rara antes dos 40 anos e mais comum acima dos 60 anos.

Além da idade, podemos citar outros fatores de risco, como a obesidade, hereditariedade e traumatismos.

Por exemplo, em caso de antecedente de rompimento dos ligamentos cruzados.

Como tratar a osteofitose no joelho?

Como as dores costumam surgir com o tempo, deve-se adotar medidas preventivas para proteger as estruturas do joelho.

Nesse sentido, a fisioterapia pode ser uma ótima aliada, seja para preservação do joelho como para a sua estabilização.

Outro diferencial da fisioterapia é que pode orientar o paciente quanto à reeducação postural, bem como da maneira correta de executar os movimentos.

Muitas vezes, o médico pode prescrever analgésicos e anti-inflamatórios para aliviar as dores.

Quando a osteofitose no joelho afeta a mobilidade ou se a dor não melhora com o tratamento convencional, o ortopedista pode pensar em uma cirurgia, com o objetivo de remover os osteófitos.

Em determinados casos, será necessário substituir a articulação por uma prótese.

Considerações finais

Portanto, agora que você já entendeu tudo sobre o que é osteofitose no joelho, e mesmo sem sentir dor, é importante consultar um ortopedista de joelho, particularmente se você tiver um histórico de artrose.

Comentários estão fechados.