O que é espiritualidade e como usá-la no mundo dos negócios

Tradicionalmente, a espiritualidade não tinha lugar no escritório. Quando você estava no trabalho, você adotou uma personalidade profissional. Você vestiu suas roupas de trabalho e se tornou seu eu profissional. Você pode até pensar em si mesmo como uma pessoa diferente no trabalho. Historicamente houve um bloqueio entre nossa espiritualidade e nossa identidade profissional. As duas coisas que não podíamos trazer para o trabalho – ou mesmo falar – eram religião e política. Mas se somos seres naturalmente espirituais, podemos realmente operar em um nível ideal sem reconhecer nossa espiritualidade no trabalho? Afinal, o que é espiritualidade e não há realmente lugar para ela no escritório?

Essencialmente, nossa espiritualidade é parte de quem somos. Simplesmente não é possível funcionar sem aceitar esse lado de nós mesmos.

A ideia de não discutir religião e política e reconhecer nossa espiritualidade no escritório está mudando. O papel da espiritualidade nos negócios está começando a ser reconhecido, e geralmente é mais aceito ser um ser abertamente espiritual no local de trabalho.

Na verdade, muitas empresas aspiram a se tornar locais de trabalho inclusivos para a fé, oferecendo salas de oração e licença religiosa para apoiar os funcionários que desejam abraçar sua espiritualidade. E as mudanças são para melhor, as empresas que enfatizam os valores espirituais são capazes de liberar todo o potencial de seus funcionários e seus funcionários são capazes de encontrar significado e realização em seus trabalhos.

No entanto, muitos empresários ainda não entendem realmente o significado da espiritualidade, muito menos como ela pode ser aplicada em um ambiente profissional. Para alguns, a espiritualidade pode até ser uma moda passageira, como rotinas de exercícios ou dietas saudáveis. Enquanto para outros a espiritualidade e a religião estão tão fortemente entrelaçadas, eles não conseguem entender seu lugar nos negócios. Mas a espiritualidade é muito mais do que apenas religião.

Para entender como você pode se beneficiar da espiritualidade nos negócios, você deve primeiro entender o que é espiritualidade, bem como entender a diferença entre espiritualidade e religião.

Depois de entender o significado da espiritualidade, você pode aprender a usar sua consciência espiritual para desbloquear seu potencial profissional.

O que é espiritualidade?

Simplificando, a espiritualidade é a busca contínua pelo seu lugar no universo. Buscando as respostas para as grandes questões da vida: qual é o sentido da vida? Ou qual é o propósito da vida?

É também a tentativa de entender seus próprios valores internos e o que você pode fazer pessoalmente para tornar o mundo um lugar melhor.

Ao responder a essas perguntas, você aumenta sua energia espiritual. Essa energia pode ser transformada em ação, o que alimenta ainda mais sua energia espiritual. É através do aproveitamento dessa energia que você pode alcançar seus objetivos de vida e de negócios.

Você deve estar ciente, porém, que a espiritualidade limitada à mera reflexão é uma atividade redundante.

As pessoas espirituais tendem a ser mais altruístas, empáticas e honestas, em vez de egocêntricas, narcisistas e insinceras. Eles falam mais sobre suas responsabilidades e menos sobre seus direitos. Muitas pessoas espirituais acreditam que estão conectadas a uma força superior e que nada em sua vida é coincidência.

Qual é o papel da espiritualidade nos negócios?

Antes de definir as metas para sua carreira, seu departamento ou sua empresa, primeiro você precisa saber como será o sucesso.

Você pode definir o sucesso como simplesmente ter mais dinheiro na conta bancária da sua empresa. Ou eliminando seus concorrentes, o colega concorrendo pelo mesmo cargo ou outra empresa concorrendo pelo mesmo cliente. Embora esta abordagem seja limitada por motivos egoístas e egocêntricos e tenha pouco enriquecimento espiritual.

Uma abordagem mais espiritual seria perguntar a si mesmo ou a seus colegas de trabalho sobre o propósito maior e abrangente das atividades futuras e como essas atividades se interligarão com seus valores.

Não estou sugerindo que você substitua seus objetivos financeiros por objetivos espirituais. Afinal, só é possível atingir seus objetivos mais elevados se sua carreira empresarial ou as atividades de sua empresa gerarem continuamente renda suficiente.

O que estou sugerindo é que você primeiro defina as metas e objetivos significativos e depois os divida em atividades específicas de geração de dinheiro.

Essa abordagem funciona. E foi provado bem sucedido por muitos líderes empresariais extremamente bem sucedidos. Elon Musk, Steve Jobs e Mark Zuckerberg basearam suas estratégias de negócios bem-sucedidas em seu forte propósito espiritual.

Seu objetivo geral era/é melhorar a vida das pessoas e tornar nosso planeta um lugar melhor para se viver. Eles fazem produtos que fazem milhões de pessoas mais felizes. A felicidade de seus clientes volta para eles na forma de sua fortuna financeira.

Por que a espiritualidade é importante para um empresário?

O mundo está mudando e as expectativas das pessoas em relação aos seus empregos também. As pessoas esperam que seus empregos tenham significado. Eles querem trabalhar para organizações éticas. E o dinheiro não é mais a única recompensa esperada de um trabalho.

As empresas podem se beneficiar muito de funcionários espiritualmente energizados. Os líderes espirituais podem inspirar e influenciar seus funcionários e liberar todo o seu potencial.

O estilo de gestão dos líderes espirituais permite espaço para criatividade e inovação. Eles podem construir equipes fortes e unidas e os membros de sua equipe sentem uma sensação de conexão entre si.

Funcionários espiritualmente energizados são muito mais propensos a sacrificar seus egos e interesses próprios em prol da missão da empresa e do bem maior.

Além disso, a energia espiritual nos torna mais resistentes ao estresse. A percepção do estresse é muito menor quando as atividades realizadas são significativas.

Isso obviamente leva a indivíduos e organizações mais bem-sucedidos e produtivos, com um impacto profundo no sucesso dos negócios.

Espiritualidade x Religião

Não importa se são religiosos ou não, muitas pessoas buscam conexão com o universo e sua força unificadora. A energia espiritual os leva além de seus interesses próprios estreitos. Seu propósito de vida é contribuir para o bem maior.

Mas você não precisa ser religioso para ser espiritual. A religião é simplesmente uma abordagem estruturada e institucionalizada da espiritualidade. As pessoas religiosas entendem a energia espiritual como uma medida de sua conexão com Deus.

Em contraste, as pessoas não religiosas obtêm energia espiritual de uma verdade ou força universal superior, o reino sobrenatural, ou simplesmente de sua própria dimensão interna.

Na verdade, 38% dos americanos que se descrevem como espirituais não são religiosos.

Além disso, você pode ser religioso e não espiritual. Este é o caso de 43% dos cidadãos religiosos nos EUA. Esses resultados vêm de um estudo realizado por pesquisadores da Florida State University.

Obviamente, existem muitos líderes empresariais não religiosos no mundo que têm aproveitado com sucesso sua própria energia – seja espiritual ou não.

Embora a maioria dos CEOs mantenha sua fé fora do local de trabalho, você pode se surpreender mais com os líderes empresariais de sucesso que são abertos sobre sua religiosidade e espiritualidade.

Traga todo o seu eu para o trabalho

Não existe um jeito certo de ser espiritual, e pode ser guiado pela religião ou não. Mas não há dúvida de que trazer seu eu espiritual para o trabalho beneficiará você e seus negócios. O que é espiritualidade no local de trabalho? São as pessoas trazendo todo o seu ser para o trabalho, sendo melhores líderes, indivíduos mais bem-sucedidos e produtivos, com um impacto profundo no sucesso dos negócios.

Comentários estão fechados.