Empreender no Brasil: veja os mercados que mais crescem atualmente

A pandemia impulsionou o ato de empreender no Brasil e com isso, alguns mercados ganharam destaque. De acordo com dados do Sebrae, 1 a cada 4 pessoas estão empreendendo no país, o que corresponde a 24,76% e a taxa de empreendedorismo é de 38% entre as pessoas de 18 a 64 anos. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) informou, que a taxa de empreendedores formalizados aumentou em média 27%. O órgão afirmou, que o empreendedorismo já era tendência antes da pandemia. Com isso, podemos observar um cenário de Brasil empreendedor.

Alimentos saudáveis para consumir em casa

O empreendedor brasileiro tem apostado no segmento de alimentação saudável. Muitas pessoas buscam por praticidade e ao mesmo tempo, querem comer melhor. Além disso, algumas pessoas possuem dietas mais restritivas, sem glúten ou lactose, por exemplo. Também existem as pessoas que buscam uma qualidade de vida maior, aliando a prática de atividade física e alimentação saudável. Por isso, empreender no Brasil com o fornecimento de marmitas saudáveis para o consumo no dia a dia tem se tornado um negócio promissor e em crescimento.

Produtos de beleza naturais

Outra tendência que está em alta para empreender no Brasil são os cosméticos naturais, que se enquadra como um dos setores que mais crescem no Brasil. São vários os desafios do empreendedorismo no Brasil, principalmente quando se trata de cosméticos, sendo necessário ter uma estrutura para produzir, caso queira criar sua própria marca, além dos processos burocráticos de fiscalização. Mas sem dúvidas, os produtos à base de extratos botânicos, óleos vegetais e plantas, estão sendo muito procurados por pessoas, que buscam a sustentabilidade.

Produtos eróticos

As pessoas começaram a procurar mais produtos de sexy shop, durante a pandemia. Devido ao distanciamento social, as pessoas começaram a procurar mais recursos para se satisfazerem, sem quebrar o isolamento social. Por isso, os e-commerce de sex shop tiveram mais buscas e empreender no Brasil uma loja virtual de produtos eróticos, pode ser uma ótima pedida. Com a pandemia, alguns produtos de sexy shop passaram a ser mais comprados.

As vendas de produtos eróticos dispararam durante a pandemia e devem continuar em ascensão. Ainda existem muitos tabus sobre assuntos relacionados a sexualidade, mas as pessoas estão bem mais abertas a discutir sobre o assunto e se permitir experimentar coisas novas. Por isso, o mercado de sexy toys é uma área promissora para se empreender no Brasil.

Algumas áreas estão sempre em crescimento no Brasil, como serviços e produtos de beleza. Desde os salões aos atendimentos à domicílio, a área de cuidados pessoais sempre é bastante requisitada, hoje em dia tanto por homens quanto mulheres. Produtos relacionados a cuidados pessoais no geral, como: cabelo, pele, corpo, etc, são bastante procurados. Hoje em dia, algumas pessoas também procuram por cosméticos mais naturais, por questões de sustentabilidade, que é um assunto em alta atualmente.

Se você já sabe como é empreender no Brasil, resta analisar quais são os melhores nichos para investir e com quais mais se identifica. Também existem os infoprodutos, como o marketing digital, que está muito em alta no momento, impulsionado também pela pandemia. Resta saber com o que você gostaria de trabalhar e o quanto pretende investir para começar a empreender no Brasil.

Conclusão

Alguns segmentos precisam de poucos recursos para dar o ponta pé inicial, que é o caso dos serviços de marketing digital, caso você tenha conhecimento sobre o assunto. Já segmentos como o de produtos eletrônicos, exigem um investimento financeiro alto, além de conhecimentos sobre tecnologia, para prestar um bom atendimento aos seus clientes e saber divulgar seus produtos. Por isso é indispensável fazer uma pesquisa de mercado, analisar com cautela o que precisa para começar seu negócio é o primeiro passo para o seu sucesso profissional no empreendedorismo.

Comentários estão fechados.