Dicas e Novidades

O que é CorelDRAW? – Definição, conceito, recursos e funcionalidades!

O que é CorelDRAW? Como funciona esse tipo de software? Vale a pena pagar por um curso que especialize o aluno na utilização da ferramenta ou não? Quem pode fazer esse tipo de curso de aprimoramento? Qual é a empresa detentora do software  quais os requisitos necessários para que o programa rode no PC? Como realizar a gestão de ativos de TI?

Como veremos um pouco mais a seguir, para quem precisa de atualizações, edições e outros detalhes específicos em imagens e outros tipos de arquivos semelhantes, então o software CorelDRAW é de longe um dos mais completos e necessários do mercado que a tecnologia da informação oferece.

É por isso que, no conteúdo de hoje, vamos explicar a você de forma mais clara o que é CorelDRAW, como podemos utilizá-lo em nosso cotidiano como profissionais gráficos, suas funcionalidades e recursos. Então, caso queira entender mais sobre o conceito, recomendamos que nos acompanhe até o final do conteúdo. Vamos lá, leia conosco!

O que é CorelDRAW?

Afinal, o que é CorelDRAW? Trata-se de um software gráfico, lançado pela primeira vez em 1989. O programa é desenvolvido e distribuído pela Corel Corporation, uma casa de software canadense com sede em Ottawa. O CorelDRAW é protegido por um EULA ou “Contrato de Licença de Usuário Final”.

Dessa forma, a utilização do software está condicionada à assinatura de um acordo contratual entre a empresa e o utilizador que prevê o pagamento de uma taxa. Isso significa que o programa é pago, embora também exista uma versão de avaliação gratuita que pode ser usada por um período limitado de tempo. Vamos conhecer o que é CorelDRAW na prática? Leia com a gente!

Recursos e funcionalidade

A suíte CorelDRAW oferece uma ampla variedade de ferramentas e recursos para quem precisa produzir gráficos. O software manteve muitas de suas características originais, mantendo uma interface simples e intuitiva.

O CorelDRAW Essentials, em particular, fornece ao usuário uma ferramenta de ilustração vetorial com ferramentas de desenho e formas muito versáteis.

O programa também permite criar layouts para convites, colagens e outros projetos de várias páginas, réguas, grades e guias; Graças aos recursos de tipografia, é possível adicionar caracteres e linhas de texto a cada projeto. Além disso, com o Corel Photo-Paint Essentials, você pode retocar e refinar suas fotos.

As suítes de nível avançado são equipadas com aplicativos adicionais, que oferecem uma variedade de ferramentas completas para quem precisa de desempenho profissional.

O CorelDRAW Graphics Suite, além dos recursos Essentials e Standard, inclui Font Manager, Capture, CorelDRAW.app (também para iPad) e AfterShot 3HDR. Além dos aplicativos do Graphics Suite, o Corel Designer e o XVL Studio Corel Edition estão incluídos no Technical Suite.

Do ponto de vista técnico, as Suítes Gráficas e Técnicas são as dotadas de maior número de ferramentas de trabalho: bitmap para conversão avançada com tecnologia AI, diretrizes interativas, guias de alinhamento, dimensão e recuperação, ajustes de bitmap (entre outros: equilíbrio de cores, mixer de canais, cor seletiva, dessaturação, gama, curva de tom), desenho em perspectiva, Docker com Bevel, Shadow, Spiral, Smooth, Smudge, Smudge and Distort, Clone, Artistic Support, Symmetry Drawing Mode, Shadow Lock, Impact, Pointillizer e PhotoCocktail.

A estes são adicionados três estilos (objeto, cores e harmonias de cores), desenho de projeção (somente para a suíte Technicals), visualização de várias páginas, gerenciamento de recursos, substituição de cores e gerenciamento otimizado e opções de impressão aprimoradas.

Além disso, as suítes mais avançadas são capazes de suportar mais de 7.000 imagens vetoriais e 1.000 fotos digitais de alta resolução, além de contar com a integração de fontes do Google e contar com 150 templates profissionais.

Todas as suítes oferecidas pelo suporte do CorelDRAW são compatíveis com os formatos:

  • GIF;
  • JPG;
  • PNG;
  • BMP;
  • CPT;
  • CPX;
  • CMX;
  • FILL;
  • e TXT.

Enquanto os arquivos:

  • PDF;
  • DOCX;
  • PSD;
  • TIFF;
  • WMF;
  • EMF;
  • AI;
  • EPS;
  • e SVG são suportados apenas por arquivos Padrão, Gráficos e Técnicos suíte. Os dois últimos também permitem trabalhar com arquivos DWG/DXF, DCS, CGM, JPEG 2000, TTF, DES, PPT, XLS, PUB e VSD.

Como aprender a usar?

Dada a sua ampla gama de recursos, o CorelDRAW é uma ferramenta indispensável para quem trabalha em projetos gráficos de alto nível. Consequentemente, no campo profissional, é necessário ter um conhecimento sólido e completo das ferramentas e aplicações das suítes mais poderosas e sofisticadas.

Nesse sentido, é aconselhável seguir um curso de treinamento especializado, através do qual adquirir as habilidades necessárias para usar o software em nível avançado.

Por outro lado, é desaconselhável confiar no “Faça você mesmo”: a abordagem autodidata dificilmente conduz a uma formação adequada e, para efeitos de entrada no mundo do trabalho, não permite demonstrar concretamente as competências adquiridas e o nível atingido.

Portanto, invista  em um curso de qualidade: por mais que possa custar um pouco caro olhando pelo ponto de vista financeiro, será de grande valor em uma oportunidade de trabalho em um futuro não tão distante. Entendeu o que é CorelDRAW? Ficou alguma dúvida sobre o assunto? Comente abaixo e até a próxima!

Leia também: Como a tecnologia pode ajudar na recuperação de dependências?