Como se inscrever no Programa Verde e Amarela

Casa Verde e Amarelo: O programa de inclusão habitacional mais acessível do país

Ter a própria casa é o sonho de muitos brasileiros, não é? Contudo, por ser uma das compras de valor mais significativo da nossa vida, precisamos de programas que nos auxiliem a realizar esse grande, e os mais indicados são os programas de financiamento.

Dessa forma, bancos e outras instituições financeiras oferecem 80% do valor do imóvel para ajudar a adquirir o seu cantinho. Um dos programas de maior prestígio e busca é o programa Casa Verde e Amarela , do governo federal, ou substituto do antigo programa Minha Casa, Minha Vida.

Contudo, antes mesmo de se inscrever para conseguir o seu financiamento, o melhor de se preparar é entender como funciona, quais são as taxas e como se inscrever no programa Verde e Amarelo.

Assim, você se sabe para o processo e fica sabendo em primeira mão quais os documentos preparados para adquirir sua própria casa.

Quer saber mais sobre o programa Casa Verde e Amarela e como conseguir o seu financiamento? Continua com a gente!

O que significa casa verde ou amarela?

O programa Casa Verde e Amarela veio para substituir o antigo Minha Casa, Minha Vida, e é o principal programa de financiamento habitacional do governo federal.

O objetivo do programa é ajudar a população de renda mais baixa ou classe média a ter acesso às moradias de maior qualidade, com facilidades de pagamento e maior prazo para quitar o saldo devedor, dentro das condições da lei.

Com essa substituição do programa antigo pelo Casa Verde e Amarela, algumas mudanças foram instauradas, como a reformulação da política pública habitacional, dando acesso mais rápido e fácil às pessoas de baixa renda a oportunidade de comprar a sua casa própria.

Veja também Como juntar dinheiro para comprar um apartamento?

Outra mudança anunciada pelo Ministério de Desenvolvimento Habitacional é a  redução da taxa de juros para algumas das faixas de contemplados pelo programa Casa Verde e Amarela, e também a ampliação do teto de valor dos imóveis disponibilizados, com o objetivo de aumentar o número de famílias que podem arcar com taxas menores de juros no programa de inclusão habitacional. 

Qual a taxa do financiamento Casa Verde e Amarela?

O financiamento Casa Verde e Amarela tem taxas específicas para cada faixa de renda. Para quem possui renda de até R$2.000,00 ao mês, as taxas de juros são a partir de 4,25% ao ano, nas regiões norte e nordeste do país, e no restante do país, a partir de 4,50% ao ano.

Para quem possui renda entre R$2.000,00 e R$4.000,00 ao mês, as taxas no norte e nordeste são a partir de 4,75% ao ano e em 5% para as outras regiões. Para rendas acima de R$4.000,00 até R$7.000,00, a taxa de juros é de 7,66% ao mês, em todo país.

Como se inscrever no Programa Verde e Amarela?

Agora que você já sabe como funciona o programa Casa Verde e Amarela e quais são as taxas de juros, está na hora de saber como fazer o seu cadastro, não é mesmo? A boa notícia é que o processo é simples e você precisa seguir alguns passos.

Primeiro, você deve ter em mente qual será o imóvel que quer adquirir e verificar se o mesmo participa do programa. Depois disso, você precisa reunir a documentação necessária para o cadastro. Entre esses documentos, alguns dos que precisará para dar entrada no financiamento são, por exemplo:

  • Comprovante de residência atualizado;
  • Documento de identificação com foto atualizado;
  • Comprovante de renda atualizado;
  • Título de eleitor;
  • Declaração do Imposto de Renda;
  • Comprovante de estado civil ou certidão de nascimento,
  • etc.

Depois que você estiver com todos os documentos em mãos, é só enviar para a instituição acadêmica analisada. Caso seja aprovado, você poderá assinar o contrato e poderá, enfim, realizar o sonho da casa própria!

Comentários estão fechados.