Quais os principais tipos de madeira para móveis?

Escolher os melhores tipos de madeira para os móveis influencia diretamente na durabilidade, além de também fazer diferença no visual

A madeira pode ser definida como o tecido lenhoso das árvores, sendo uma das matérias-primas mais utilizadas na fabricação dos móveis. Isso se deve à sua beleza, variedade, durabilidade e qualidade, além de sua capacidade de deixar o ambiente aconchegante e confortável. 

Porém, na hora de escolher um móvel novo, é preciso entender qual tipo de madeira escolher de acordo com a peça que você pretende comprar. Isso certamente fará toda a diferença, tanto na beleza quanto na vida útil da mobília.

Para te ajudar a tomar a melhor decisão, neste artigo reunimos dicas de como escolher a madeira ideal para o seu móvel, além dos principais tipos usados na confecção. Acompanhe a leitura!

Características das madeiras para móveis

Alguns tipos de madeiras podem encantar pela beleza, mas isso não significa necessariamente que sejam perfeitos para a fabricação de um móvel. 

Além do aspecto visual, é necessário saber sobre densidade, porosidade e resistência da matéria-prima, a fim de avaliar se ela corresponde ao tipo de móvel que será fabricado.

Por exemplo, para a fabricação de uma cadeira, é necessário escolher uma madeira de média densidade. Isso significa que ela não será pesada para transportar, mas também não vai ceder quando alguém sentar.

Porém, além desse, ainda existem outros pontos que devem ser considerados quando o assunto é madeiras para móveis. São eles:

  • boa resistência à umidade e ao ataque de fungos;
  • não empenar com facilidade;
  • maleabilidade;
  • possuir uma superfície fácil de lixar;
  • resistir aos lixamentos, ou seja, não trincar.

Principais tipos de madeiras para móveis

Veja a seguir os principais tipos de madeiras usados na fabricação de móveis.

Mogno

O mogno é bem conhecido por sua cor avermelhada. Esse tipo de madeira é bem resistente e durável, podendo ser utilizado na fabricação de cômodas, estantes, mesas e cadeiras.

Carvalho

As tonalidades de cores características do carvalho são marrom claro, marrom escuro e bege. Essa madeira também possui uma durabilidade muito boa, além de ser muito resistente. Normalmente é utilizada na confecção de mesas de centro.

Contudo, por ser uma madeira natural, ela não deve ser exposta a temperaturas muito elevadas, uma vez que pode expandir e comprometer a estrutura da mesa.

Cedro

O cedro é conhecido por ser uma das madeiras mais versáteis para a produção de móveis, uma vez que aceita bem o lixamento, sem trincar. Ele também é fácil de parafusar e possui boa permeabilidade.

Pinus

O tom claro do pinus remete muito à decoração naturalista. Por ser uma madeira de reflorestamento, ela é ecologicamente correta e uma opção moderna para confecção de racks de TV, prateleiras e estantes.

Pinho

Do mesmo modo que o pinus, o aspecto do pinho remete à naturalidade. Por ter uma boa resistência, ele pode ser usado em diferentes peças de mobiliário, com a certeza de que formará um móvel com uma ótima durabilidade.

MDF

Embora seja um tipo de madeira mais básica, o móvel de MDF costuma ser rico em detalhes e cortes diferenciados. Suas chapas são maleáveis e homogêneas, além de apresentarem um custo-benefício muito bom.

MDP

Formado por três camadas de pedaços de madeiras trituradas, o MDP é maleável e leve, sendo também uma boa opção para a fabricação de móveis modulados ou planejados. Sua aparência é bem parecida com a madeira convencional, sendo assim, esteticamente não há perdas. Além disso, o preço é bem melhor.

Itaúba

Por ser uma madeira versátil, é possível fazer móveis de itaúba tanto para as partes externas como internas da casa. Sua cor é amarela-esverdeada e ela possui uma superfície lustrosa.

Jacarandá

Por fim, o jacarandá é considerado uma madeira nobre. Dessa forma, é usado na construção de móveis de luxo e de alta qualidade. Ele dá vida a aparadores, escrivaninhas, cômodas, mesas de centro e de canto e a móveis embutidos.

 

Veja mais Móveis sustentáveis: uma boa maneira de salvar a natureza

Comentários estão fechados.